Clima Organizacional

10 Conselhos para o sucesso na gestão de Recursos Humanos

Em épocas de crise e incerteza econômica, o departamento de recursos humanos joga um papel fundamental no sucesso das empresas ao ser o responsável por manter a estabilidade laboral e assegurar um bom clima organizacional, fatores que incidem sob a produtividade e o rendimento dos colaboradores e sob toda a empresa, em geral.

Por isso, a área de recursos humanos deve responder tanto à administração geral pelo cumprimento de suas funções, como aos colaboradores, pelo seu bem estar.

É este departamento que geralmente toma as decisões mais complicadas nas organizações: aumentos, despedimentos de pessoal, promoções ou seleção de novos talentos. Ao mesmo tempo, devem definir uma política de gerenciamento humano que inclua o uso de canais de comunicação eficazes e participativos para fortalecer o clima laboral, estreitar a relação entre a equipe e aumentar o compromisso dos colaboradores.

Ler mais: 5 KPIs chave para a medição em R.H.

Tudo isto, com o único fim de gerar o melhor ambiente de trabalho e aumentar a produtividade e competitividade global da empresa. Para ter sucesso no fortalecimento da gestão do talento humano, o ativo mais importante que qualquer organização tem, aqui estão os 10 conselhos para por em prática na Direção de Recursos Humanos de sua empresa:

1. Interiorizar a estratégia da empresa

O departamento de RH deve assumir como sua a estratégia organizacional da empresa para aproveitar as outras áreas da organização na consecussão de seus objetivos. Deve ter uma noção clara de assuntos como a área de negócios, os objetivos, as metas e as expectativas de crescimento, para os incluir em sua estratégia e adotar medidas para gerenciar eficientemente a política de gerenciamento humano.

2. Conhecer a equipe

Os colaboradores de RH devem conhecer perfeitamente os colaboradores: suas características, habilidades e necessidades profissionais e pessoais para as oferecer opções enfocadas em melhorar e conseguir uma estabilidade que fortaleça o rendimento laboral. Para além disso, deve fazer o respetivo monitoramento da evolução que os colaboradores apresentem em cada um desses aspetos.

3. Comunicar efetivamente

Se devem estabelecer os canais de comunicação pertinentes para transmitir os valores, objetivos e imagem corporativa da empresa dos colaboradores, com o objetivo de gerar sentido de pertencimento e fortalecer a relação equipe-empresa.

Descubra o que deve e não deve fazer na área de R.H. com nosso guia gratuito

4. Servir o colaborador

Nos referimos ao cargo de facilitador dos responsáveis de RH, neste aspeto seu trabalho é comparável com a de qualquer área de vendas ou negócios que mantém uma relação constante com os clientes, mas nesse caso, esses clientes são os colaboradores. Devemos tratá-los da mesma maneira e dar-lhes as ferramentas necessárias para encontrar as soluções para as situações ou inconvenientes que surjam.

Recomendamos: Cómo fazer de R.H. uma área estratégica nas PMEs?

5. Gerenciar o ambiente global

O cenário laboral de hoje é muito diverso, culturar, geracional, e em constante mudança com um alto nível de competitividade no mercado. Por isso, os colaboradores de RH devem preparar-se para gerar soluções específicas para cada situação em concreto. Isto implica personalizar as iniciativas e prever cada possível situação que surja no dia-a-dia.

6. Aprender constantemente

Estar atualizado com as últimas atualizações e novidades que ofereça o mercado laboral e o campo de ação a que a empresa pertença é imprescindível para fortalecer as estratégias de gerenciamento de RH. Não se trata de abarcar toda a quantidade de informação que se produz cada dia, mas sim consultar periodicamente a atualidade.

7. Abrir espaço a outros pontos de vista

Envolver os colaboradores que pertençam a outras áreas da empresa para que compartilhem seus pontos de vista e dêem ideias para fortalecer a estratégia de gerenciamento de RH, visto que garante que as decisões sejam compartilhadas pelos próprios colaboradores e que sua aplicação seja eficaz. Esta medida faz parte do processo colaborativo que sempre recomendamos.

8. Ser coerentes

Reagir da forma mais justa e consequente em relação a situações similares, quando surje um problema entre colaboradores ou chefes, por exemplo, transmite aos colaboradores tranquilidade ao notar a coerência e a no momento de resolver este tipo de assuntos é o que impera e não as preferências pessoais os benefícios em prol de uns em vez de outros.

Destacado: Lições de Starbucks para conseguir um desempenho excecional

9. Agir como conciliadores

Como em qualquer aspeto da vida, é comum encontrar-se com situações conflitosas dentro da organização, o departamento de RH deve agir como um elemento conciliador que estabeleça as normas para solucionar a situação e oferecer todas as possibilidades para que a situação não traga maiores problemas que tenham de ser levados à alta administração.

10. Orientar as políticas para os resultados

Se deben implementar estrategias de acción que puedan medir la efectividad de las decisiones que se tomen para poder analizar eficazmente los avances o retrocesos que se produzcan en medio de la implementación de medidas, siempre con el fin de fortalecer las gestión de RRHH para mejorar la satisfacción de los empleados y la productividad de la compañía.

Meça o desempenho de seus colaboradores e descubra como gerenciar sua produtividade de forma simples e ágil