Clima Organizacional

6 Riscos psicossociais que deve prevenir em sua empresa

Os funcionários estão expostos a condições de trabalho que podem afetar sua saúde física, psicológica e scoail. Estas condições representam riscos psicossociais que causam problemas do tipo fisiológico, emocional, cognitivo e de conduta que, se ocorrerem durante um longo período de tempo podem causar várias doenças.

Estes riscos psicossociais se refletem em patologias como estresse, a depressão e alterações hormonais que causam transtornos de saúde mental. Também podem causar osteoporose, asma, entre outras doenças musculares, ósseas e intestinais. Por último, a nível psicológico evidenciam isolamento e atitudes negativas e agressivas.

Para identificar, avaliar e prevenir as consequências dos riscos psicossociais, existem diversos instrumentos de medição. No caso da Colômbia estes instrumentos foram definidos pelo Ministério da Proteção Social e desenhados pela Pontificia Universidad Javeriana para identificar condições de trabalho que promovem riscos psicossociais, como as seguintes:

  • Carga excessiva de trabalho

A excessiva carga de trabalho causa perda de eficiência e reduz a produtividade ao impedir que os funcionários sejam capazes de estar atualizados com suas tarefas. Devemos permitir que os funcionários trabalhem de forma eficiente e procurar não os ‘queimar’.

Te pode interessar: Excesso de trabalho: riscos para a saúde e diminuição da produtividade

  • Comunicação ineficaz

Uma má comunicação é a causa de muitos conflitos no trabalho. Para além disso, uma comunicação deficiente cria sentimentos negativos nos funcionários, que se verão redeados por um ambiente de trabalho hostil e desrespeitoso onde não há lugar para vínculos de confiança.

  • Falta de clareza sobre as funções

A delimitação das funções que cada funcionário deve fazer é necessária para conseguir um ambiente de trabalho produtivo. O que também implica definir uma estrutura organizacional onde as responsabilidades de cada cargo sejam claras.

Recomendamos: 5 Conselhos para se manter longe do burnout

  • Má gestão dos líderes

O ideal é contar com líders que valorizem o talento humano e orientem seus esforços para gerenciar suas habilidades da melhor maneira. Por isso é necessário que sejam capazes de liderar sua equipe para que trabalhem sob os mesmos objetivos.

  • Conflitos laborais

Os conflitos fazem parte da vida no escritório. No entanto, é importante aprender a resolvê-los através de mecanismos que priveligiem o diálogo e a medição entre as partes envolvidas para conseguir um acordo onde se preserve a boa conveniência.

  • Assédio, agressão e violência

O assédio laboral ou mobbing é uma das problemáticas mais frequentes no ambiente organizacional e também a mais silenciosa e complexa de detetar. Se trata de uma forma de mau trato através da hostilidade persistente e sistemática.

Leia também: Guia para enfrentar o assédio laboral

Os riscos psicossociais aumentam a rotatividade, diminuem a produtividade e dificultam a consecussão de resultados. No entanto, pode detetar e prevenir as possíveis situações relacionadas com riscos psicossociais através de uma avaliação. O mais importante para a empresa deve ser conseguir bons resultados, preservando sempre o bem-estar mental e físico de seus colaboradores.

Avalie o desempenho de sua equipe facilmente e aumente a produtividade e a retenção de talentos em sua organização