Clima Organizacional

6 Sinais para identificar uma empresa com um clima laboral tóxico

Como mencionámos em artigos anteriores, o clima laboral não pode ser visto como algo de menor importância para as organizações, pois é um componente decisivo para a motivação e o compromisso dos colaboradores com a visão da empresa. O que será fundamental para conseguir uma gestão orientada para alcançar os resultados esperados.

O clima laboral refere-se à percepção de um trabalhador sobre as condições e ambiente vividos no trabalho. Nos permite perceber a satisfação dos colaboradores em relação ao seu nível de bem-estar no seu cargo. Ou seja, pode ser visto como um indicador de compromisso e lealdade.

Um ambiente de trabalho tóxico provoca uma alta porcentagem de rotatividade, reduz o nível de produtividade, entre outras problemas. Então, vamos falar sobre os sinais que caracterizam uma empresa com um clima de trabalho tóxico para que possa intervir adequadamente:

Recomendamos: Quais são os segredos da Google para ter melhores gerentes?

  1. Não há trabalho em equipe

Quando os funcionários trabalham de forma harmoniosa isso se reflete na qualidade do seu trabalho. No entanto, quando isto não acontece, se sente um ambiente negativo, desleal e que termina gerando conflitos e tensões que dificultam as relações entre os membros da equipe de trabalho.

  1. Buscam-se culpados, não soluções

Se toda vez que houver um problema, os líderes se focarem em encontrar um culpado e não em encontrar uma solução, está a contribuir para um clima laboral tóxico. Além disso, quando há um bom ambiente de trabalho, não é necessário encontrar culpados para individualizar ou estigmatizar pois cada colaborador sabe que é responsável pelas suas ações.

  1. Não se respeitam as regras e procedimentos

Em muitas empresas, os funcionários tendem a ignorar as regras e diretrizes que devem reger cada um dos procedimentos para garantir os padrões mínimos de qualidade. Também é importante respeitar as regras relacionadas com a carga de trabalho e seu escalonamento, para que não ‘queime’ os colaboradores.

Te pode interessar: Lições de liderança que aprendi na Acsendo

  1. Liderança negativa

Um estilo de liderança tirânico e déspota é um claro sinal de um clima laboral tóxico. Um bom exemplo é quando os funcionários sentem que seu chefe não confia neles e que, para além disso, raramente os escuta. A isto, podemos acrescentar condutas inapropriadas como burlas, comentários depreciativos e comparações desnecessárias entre pares.

  1. Não se reconhece o mérito

As conquistas são constantemente minimizados e seus contributos não são tidos em conta pelos outros membros da empresa? Para além disso, seu chefe não dá feedback periodicamente. Retirar valor às conquistas alcançadas pelos funcionários é um sinal clássico de um ambiente laboral tóxico.

  1. Ausência de comunicação

Os chefes nunca estão disponíveis para atender aos pedidos de colaboradores e os outros colegas são antipáticos nos diversos canais de comunicação? Este ponto também inclui a retenção de informação e a difusão de informação falsa para afetar os outros funcionários.

Leia também: 7 Passos para um clima laboral adequado

Muitas empresas se mantém focadas ao privilegiar a obtenção de resultados às custas do bem-estar dos funcionários. Hoje, o mercado laboral é diferente, e os colaboradores têm novas exigências. Por isso, para enfrentar com sucesso os desafios do mercado faz falta contar com uma equipe motivada e alinhada com os objetivos estratégicos.

Por fim, se identificou algum destes sinais em seu local de trabalho, é motivo para se alarmar pois há grandes riscos para a empresa. Conseguir um bom ambiente laboral deve ser uma prioridade. Para além disso, não faz falta investir uma grande quantidade de recursos em benefícios monetários ou físicos, mas se empenhar em criar uma empresa humana integral e comprometida.

RECEBA O ‘GUIA FUNDAMENTAL PARA OTIMIZAR SEU CLIMA LABORAL’