Clima Organizacional

Employee Engagement, criando a conexão entre o Talento Humano e a Organização

Employee Engagement é uma estratégia de gestão de recursos humanos que está ganhando força nas organizações e cujo objetivo é aumentar a produtividade dos funcionários. Em termos simples, este conceito poderia ser definido como um esforço adicional por parte de todos os funcionários, incluindo gerentes, para criar compromisso e envolvimento real com a organização, gerada basicamente pelo bem-estar, entusiasmo e satisfação que a empresa proporciona aos seus colaboradores.

Sugerimos anteriormente a necessidade de fornecer as condições aos funcionários de uma organização para que seu bem-estar e qualidade de vida sejam ótimos e que a satisfação que esta situação gera seja diretamente refletida em seus níveis de produtividade. Não é segredo para ninguém que um empregado feliz e satisfeito tem melhor desempenho no trabalho do que um empregado entediado e insatisfeito.

O desafio é ser capaz de projetar as estratégias adequadas para alcançar essa conexão emocional dos trabalhadores com a empresa, a inclusão de todos os colaboradores deve ser feita para que eles possam apropriadamente assumir seus compromissos e se sentir valorizados e levados em conta por todo seu esforço e dedicação dentro da empresa.

O estudo The State of the Global Workplace, a worldwide study of employee engagement and wellbeing, da empresa de consultoria Gallup, que foi conduzido com uma amostra de 47.361 funcionários de 120 países, mostra que apenas 11% dos funcionários estão comprometidos com a empresa, que 69% não estão e que 27% destes não têm a menor conexão com a empresa onde trabalham. Esses números destacam a preocupante falta de compromisso dos funcionários com as organizações e refletem a necessidade de implementar os planos e instrumentos necessários para mudar a situação e gerar o compromisso dos funcionários com a empresa, o que aumentará a produtividade e competitividade da empresa.

Com os valores e objetivos da empresa bem definidos, juntamente com uma sólida missão e visão organizacional, devemos nos focar na construção e fortalecimento de uma cultura organizacional que promova esses mesmos valores e princípios entre os colaboradores. A participação ativa dos funcionários, o ambiente colaborativo, o feedback e a honestidade nas decisões e nas comunicações são fatores determinantes para conseguir um vínculo real e um compromisso efetivo dos colaboradores com a empresa.

A premissa é capacitar os funcionários, o que significa avaliar seu trabalho e esforço, fazendo com que eles entendam que sua contribuição é uma parte fundamental do sucesso na consecução dos objetivos da empresa e colocá-los numa posição de ter de solucionar todos os problemas da empresa, envolvendo suas opiniões e pontos fortes na resolução e melhoria dos ditos inconvenientes.

A flexibilidade laboral e o salário emocional são duas ferramentas importantes para apoiar a estratégia de Employee Engagement das organizações, como dissemos em uma publicação anterior, o salário econômico não é mais o único aspecto que determina a permanência do talento humano nas empresas. A possibilidade de crescimento profissional, as condições de bem-estar e qualidade de vida oferecidas pela empresa, a avaliação do trabalho e o sentimento tomado em consideração são fatores que são levados em consideração pelos funcionários ao decidir continuar ou abandonar seu emprego.

A comunicação interna é uma questão fundamental para que todos os funcionários da organização se sintam envolvidos e compreendam a estratégia de Employee Engagement que a empresa adoptou, para que eles conheçam as medidas que foram tomadas e os novos benefícios e atividades que servirão para melhorar seu bem-estar e satisfação laboral. Os canais e processos de comunicação de informação apropriados gerarão a construção de uma rede efetiva de participação, colaboração e compromisso entre os funcionários que notarão a preocupação da administração em torná-los uma parte ativa e importante do funcionamento da empresa.

Esta comunicação deve ser moderna, eficaz e interessante para que os funcionários possam usá-la quando precisarem. As redes sociais e os blogs corporativos são alternativas úteis para criar essa informação corporativa, com o objetivo de melhorar o bem-estar, a satisfação e a produtividade dos funcionários. Deve circule corretamente e de forma ágil entre os colaboradores.

Tomando as ações necessárias, que se adaptem à dinâmica da organização, gerará o vínculo e o sentido de pertença dos colaboradores para a empresa. Avaliar esforços, transmitir direções e envolver os funcionários nos processos e decisões da empresa serão pontos decisivos para consolidar uma verdadeira cultura organizacional e apoiar a eficácia e os benefícios de uma estratégia de Employee Engagement.

Avalie o desempenho de sua equipe facilmente e aumente a produtividade e a retenção de talentos em sua organização