Competências

4 Técnicas para avaliar competências em um assessment center

Os assessment centers ou centros de seleção são um dos métodos mais utilizados pelos profissionais de R.H. para avaliar os candidatos que buscam ocupar uma vaga na organização. Se trata de uma série de técnicas e exercícios que são feitos como ânimo de provar as habilidades e as aptidões das pessoas para saber se são aptos para ocupar o cargo.

Segundo o portal especializado de Psychometric Success, estes exercícios podem ser definidos como ‘um método para avaliar a aptidão e o rendimento; aplicados a um grupo de participantes por assessores capacitados que utilizam diversos processos de diagnóstico de aptidões para obter informação sobre as capacidades dos candidatos ou o potencial de desenvolvimento’.

Leia também: O que é um assessment center e para que é útil?

No entanto, não se trata de uma ferramenta que possa ser utilizada unicamente no processo de seleção. Suas técnicas também podem ser implementadas no processo de desenvolvimento e promoção interna na empresa. Por isso, apresentamos quatro técnicas de assessment center para que as possas implementar em seus processos de gerenciamento humano:

  1. Jogo de papéis (role playing)

Este é um método onde cada pessoa deve adotar um papel em um contexto específico. Por exemplo, podem simular uma disputa cliente/funcionário. Isto permite observar de maneira objetiva a natureza de certas pessoas em uma situação artificial. Para além disso, os analistas obtêm informação sobre os diversos processos das relações humanas e também as atitudes e o comportamento da pessoa em questão.

  1. Exercícios de simulação

Neste exercício se simula uma situação da vida real que pode ter lugar dentro da organização, quer seja executar uma operação de fabrico, uma negociação comercail ou uma reunião para propôr novos projetos. Aqui se busca avaliar habilidades tais como o planejamento estratégico, o trabalho em equipe, a capacidade analítica, entre outras competências que permitem identificar atempadamente os futuros líderes.

Te pode interessar: 5 Competencias emergentes que todo funcionário necessita desenvolver

  1. Apresentações

Este teste consiste em dar aos participantes um tema para ser preparado em um tempo determinado para que o apresentem aos restantes. Durante a realização desse exercício se podem avaliar competências como a capacidade de organização, expressão oral, argumentação, conhecimento do tema e inteligência emocional. É muito útil para avaliar a capacidade do candidato para comunicar suas ideias com clareza frente a um grupo de pessoas.

  1. In basket

Neste teste, as pessoas recebem uma série de documentos que podem ser cartas, pedidos e e-mails para simular o tipo de material que uma pessoa geralmente recebe em seu local de trabalho. Os candidatos são convidados a responder a esses documentos dentro de um prazo para demonstrar suas habilidades para tomar decisões, gerenciar várias situações, resolver problemas e se comunicar de forma assertiva.

Nesta prova se entrega às pessoas uma série de documentos que podem ser cartas, pedidos e e-mails para simular o tipo de material que uma pessoa geralmente recebe em seu posto de trabalho. Se pede aos colaboradores que respondam estes documentos dentre de um limite de tempo para assim demonstrar suas habilidades para tomar decisões, gerenciar diversas situações, resolver problemas e se comunicar de forma assertiva.

Recomendamos: 10 passos para criar um Plano de Desenvolvimento Individual (PDI)

A utilização destes mecanismos é de grande utilidade para identificar os colaboradores que têm potencial para ocupar cargos estratégicos na organização. Para além disso, permite definir os pontos fortes e as áreas de melhora nos processos de desenvolvimento organizacional e humano para ajudar os colaboradores a potenciar suas competências.

A metodologia do assessment center tem muitas vantagens devido à flexibilidade e fácil adaptabilidade que demonstram as anteriores técnicas em diversas empresas. Para além disso, serve para potenciar os pontos fortes do talento humano, aumenta o engagement e amplia o conjunto de possíveis candidatos para a promoção.

RECEBA O ‘GUIA PARA IMPLEMENTAR UM MODELO DE COMPETÊNCIAS DE PRINCÍPIO AO FIM’