Competências

Para quê implementar uma avaliação de Competências 360 graus?

Em publicações anteriores, falámos sobre a definição e o funcionamento da avaliação de competências de 360 ​​graus. Hoje vamos explicar as razões pelas quais é muito importante aplicar a avaliação das competências laborais nas organizações, a fim de melhorar a competitividade e otimizar os processos de produção dentro da empresa.

Como dissemos antes, uma avaliação de competências de 360 ​​graus basicamente nos permite medir o nível de desempenho de um colaborador em uma empresa. A avaliação permite identificar claramente os pontos fortes para os consolidar e as fraquezas, para transformá-los em oportunidades de melhoramento, que um funcionário apresenta no desenvolvimento de suas funções laborais.

A principal razão pela qual a implementação de uma avaliação de competência de 360 ​​graus é fundamental para o sucesso de uma organização, é porque nos permite determinar com precisão as falências, carências, habilidades, pontos fortes e a medida exata de competitividade apresentada por cada funcionário da organização. Assim poderão tomar as medidas adequadas com o objetivo de aumentar significativamente a produtividade e a competitividade da empresa no mercado.

A avaliação é realizada para que cada colaborador entenda especificamente o nível de competitividade que ele tem para realizar seu trabalho, para que ele saiba como seu desempenho no trabalho, seu comportamento e sua contribuição para a empresa são vistos por seus chefes, seus colegas e seus subordinados. É uma avaliação abrangente que fornece diferentes pontos de vista que uma pessoa não vê por si mesmo no momento da qualificação de seu desempenho laboral.

A avaliação de competências de 360 ​​graus é uma ferramenta de produtividade altamente eficaz, especialmente quando é cruzada com uma avaliação do cumprimento de metas laborais, cujos resultados permitirão à administração da empresa tomar as decisões pertinentes e mudar seus empregados para os cargos em que estes são mais competitivos, manter seus melhores talentos, capacitar aqueles que precisem para melhor desempenhar suas funções e realizar processos de recrutamento para preencher algumas posições, se necessário.

Em suma, o objetivo central ao realizar uma avaliação de competências em uma organização é obter um raio-x detalhado da situação laboral da empresa, o nível exato de conhecimento, habilidade, capacidade, atitude e comportamento para desenvolver o trabalho da empresa.

A avaliação de competências de 360 ​​graus também garante a confiança, credibilidade e eficácia do processo, uma vez que os colaboradores que intervêm nele terão a certeza de que, ao avaliar o resto de seus colegas, suas opiniões e percepções serão recebidas de forma construtiva e que serão capazes de desenvolver o processo conscientemente e com total liberdade.

Um processo de avaliação de competências bem concebido e implementado será muito positivo para o clima laboral da empresa e se tornará um instrumento importante para motivar a equipe de trabalho, fortalecer a cultura organizacional da empresa e permitir aos funcionários projetar um plano que lhes permita consolidar seus pontos fortes e transformar suas fraquezas em oportunidades de melhoria. É um processo que beneficia todos na empresa, pois ajuda ao desenvolvimento e ao crescimento profissional dos funcionários ao mesmo tempo que otimiza a produtividade e a competitividade da organização.

A chave para o sucesso de uma avaliação de competências de 360 ​​graus é agir depois de conhecer os resultados, a fim de dar o feedback respetivo a cada colaborador avaliado e projetar um plano de ação que permita consolidar seus pontos fortes e aproveitar as oportunidades de melhoria identificadas.

O seguimento do cumprimento do plano de ação e a realização periódica de uma nova avaliação de competências para verificar os resultados também são necessários para garantir o sucesso do processo.

Avalie as competências de seus colaboradores e aumente a produtividade em sua organização