Produtividade

3 Benefícios do uso da Big Data para gerenciar Recursos Humanos

Para otimizar a gestão dos dados de recursos humanos e conseguir que a análise dos mesmos seja mais sistemático, objetivo e rigoroso, é recomendável implementar uma ferramenta de gestão de Big Data que permita visualizar e interpretar tendências e padrões de comportamento com valor acrescentado que permitam gerar planos de ação para obter mais resultados positivos para a organização.

Segundo relatórios das consultoras Deloitte e PwC, duas em cada três empresas investem em gestão e análise de dados e 31% contratam especialistas para gerir e interpretar a informação. O departamento de recursos humanos pode aumentar notavelmente sua produtividade através do uso de big data como ferramenta de gestão de talento humano, um sistema que permite obter grandes benefícios para a empresa, entre eles:

  1. Alinhar os colaboradores com os objetivos:

Os dados recolhidos pelas ferramentas de estratégia e avaliação, tais como os balanced scorecards (onde se documentam as metas estratégias da organização), os modelos de competências e o monitoramento das metas, permitem fazer seguimentos específicos do desempenho para saer quão alinhados estão os esforços dos colaboradores em relação com os objetivos organizacionais.

Veja também: 3 razões para gerir seus recursos humanos na nuvem

Quando se faz uma análise robusta de Big Data, se visualizam as práticas e comportamentos que podem estar criando obstáculos ao rendimento da organização. Estas influências devem ser analisadas de uma forma mais específica e estratégica para identificar as áreas de melhoria e desenhar os planos de ação.

  1. Assertividade na tomada de decisões:

Frequentemente sabemos que os recursos humanos armazenam informação em muitas fontes sobre diferentes temas que lhes dizem respeito, mas acaba sendo muito difícil analisá-la e compará-la para obter conclusões. Usar Big Data para a análise de informação converte as perguntas sem fim em respostas que se interiorizam e conclusões que permitem tomar decisões adequadas.

Recomendado: Big Data é o futuro na gestão de Recursos Humanos

O uso de Big Data permte que os Recursos Humanos se organizem para aproveitar ao máximo as forças dos colaboradores, conhecendo suas necessidades, expectativas para alinhá-las com a visão organizacional, os objetivos e a estratégia. Deste modo, as decisões da área são muito mais assertivas e contribuem para o crescimento organizacional.

  1. Gestão e retenção do talento:

A análise de Big Data se convertirá com o tempo em uma competência pedida para conhecer a fundo as características dos colaboradores, suas preferências, seu nível de motivação e satisfação, seus objetivos profissionais e pessoais, entre outros aspectos identificados a partir das tendências que se registrem.

Isto ajuda à gestão e retenção do talento, pois permite organizar os planos de bem-estar, desenvolvimento, carreira e a distribuição laboral, de tal forma que se pode satisfazer da melhor forma o trabalhador para que seja mais produtivo para a organização.

Leia: 4 Sinais que indicam que seu colaborador está prestes a abandonar

Neste caso, o employer branding joga um papel muito importane, pois a Big Data permite reconhecer as tendências das várias gerações presentes em uma organização e encontrar a melhor maneira de atrair esses diferentes tipos de talento, sempre entendendo suas preferências e expectativas.

O uso de Big Data permite uma evolução organizacional constante, otimiza o fluxo da informação juntamente com sua análise e implementação de planos de ação a partir do mesmo. Quando se documenta adequadamente esta informação, independentemente de quem esteja ocupando os cargos na área de RH, será possível fazer um constante monitoramento e análise sustentado na busca de oportunidades de melhoria na satisfação, compromisso e produtividade dos colaboradores.

Avalie as competências de seus colaboradores e aumente a produtividade de sua organização