Produtividade

4 Conselhos práticos para dar feedback nas empresas

O feedback é uma estratégia vital na gestão e desenvolvimento do talento humano, fortalece a produtividade nas organizações pois implica a interação entre os colaboradores e seus chefes, o que melhora notavelmente a relação entre todo o pessoal.

O feedback parte da premissa de aceitar que a realidade das situações vividas no ambiente laboral não é única e que, tanto o chefe como o funcionário podem ter visões e opiniões diferentes mas ao mesmo tempo respeitosas e relevantes. O objetivo é conseguir um consenso construtivo entre os envolvidos.

O feedback é um processo que oferece aos funcionários a informação necessária para fazer as mudanças adequadas para melhorar seus pontos fracos e consolidar seus pontos fortes, dá confiança e gera satisfação na equipe, que se sente valorizada e tida em conta no processo produtivo da empresa. Os chefes responsáveis por dar feedback devem fazê-lo com o maior respeito e qualidade para consiga ter credibilidade entre a equipe de trabalho.

O processo de feedback implica que os responsáveis transmitam aos funcionários de forma construtiva e amável as debilidades e pontos fortes que tenham identificado no desempenho de suas funções, de tal forma que essas debilidades se convertam em oportunidades de melhoria e que se promova o crescimento laboral e pessoal dos colaboradores.

A chave do sucesso do feedback está na partilha da responsabilidade entre chefes e colaboradores. Isto porque o processo de feedback deve ser uma conversa que permita ao funcionário debater as recomendações de seu chefe e que este por sua vez, possa responder – levando em consideração suas opiniões – e chegar a um consenso que se converta em um elemento construtivo e pedagógico que permita o melhoramento contínuo no desempenho das funções dos funcionários.

Por estarmos falando de um processo compartilhado, é importante que quando os chefes não dêm feedback, sejam os funcionários que a pedir para que aconteça, isto servirá para garantir que está executando corretamente suas funções e especialmente quando estiverem a lidar com tarefas ou projetos novos, assim poderão aprender e atualizar constantemente seus conhecimentos profissionais para fazer seu trabalho com a maior qualidade possível e aumentar a produtividade global da empresa.

Estes são 4 conselhos práticos para fazer um processo eficaz de feedback:

1. O feedback deve ser feito o mais rapidamete possível após ter identificado o comportamento ou resultado que pretende modificar, quer seja para o corrigir ou para o otimizar.

2. Os responsáveis pelo feedback deveriam poder guiar os colaboradores para que façam uma conexão entre os resultados ou comportamentos e as consequências de não as mudar ou melhorar.

3. O feedback não deve se forcar na pessoa mas na eficácia do comportamento, ação ou resultado do que se estiver falando, isto evitará que o colaborador sinta que está sendo atacado e não está tentando melhorar seu desempenho. As referências diretas a pessoas causas problemas e rejeição entre os funcionários e isto pode produzir um efeito contrário ao elemento construtivo e motivacional que se pretende que o feedback seja.

4. Devemos ser construtivos E respeitosos para conseguir que os colaboradores entendam porque poderiam mudar seus comportamentos para obter melhores resultados, deveriamos demonstrar com feitos dados específicos quais são seus erros, ou virtudes naturalmente, quas são as consequências de não tomar essas ações adequadamente e o que se deve fazer para desenvolver as tarefas de que se fala correta e eficientemente.

Como explicámos em um artigo anterior, a comunicação é um dos principais fatores de sucesso para conseguir maior produtividade e motivação entre a equipe de colaboradores. Os processos e canais comunicativos deveriam ser sempre de dupla via para permitir a participação dos funcionários na construção de um melhor ambiente laboral e no melhoramento do desempenho de suas funções, assim se poderá alcançar o máximo dos benefícios do treinamento e desenvolvimento que permite o processo de feedback.

Em resumo, o processo de feedback deve ser oportuno, amável, honesto, construtivo, concreto e sustentado em resultados e dados verificáveis. Recordemos que o reconhecimento do bom trabalho é um dos principais elementos motivacionais para os colaboradores em uma organização.

Avalie o desempenho de sua equipe facilmente e aumente a produtividade e a retenção de talentos em sua organização