Produtividade

4 conselhos para reter seu talento humano

Em tempos de millennials e da Internet, a retenção e o compromisso do talento humano tornaram-se enormes desafios para as organizações. A retenção de pessoal é essencial para alcançar estabilidade e continuidade nas empresas, dois elementos-chave que permitem manter sua competitividade em um mercado global, constantemente em mudança e hiperconectado como o que vemos atualmente.

De acordo com as estatísticas publicadas pelo LinkedIn em seu comunicado LinkedIn’s 2015 Talent Trends, 87% dos questionados estariam abertos a considerar novas ofertas de emprego. Segundo State Street Global Advisors, 60% dos millennials, que representarão 50% da população de trabalhadores ativa em 2020, mudaram de trabalho entre 1 e 4 vezes nos últimos 5 anos.

Encontre aqui: Quem são os millenials?

Estes valores preocupantes são explicados pelo fato de, quando os funcionários sentem que sua empresa não se preocupa com seu bem-estar e desenvolvimento de carreira, perdem seu compromisso com seu local de trabalho, seus objetivos e deixam de ter motivação para contribuir para o sucesso e o crescimento global.

Esta situação implica uma perda significativa de talento humano que afeta as equipes de trabalho e seu planejamento, produtividade, eficácia e competitividade. Face a esta situação, as organizações devem encontrar novas maneiras de ganhar o compromisso de seus funcionários e conseguir a retenção de seus melhores talentos.

Hoje trazemos 4 conselhos para o conseguir. Vejamos:

  1. Flexibilidade e equilíbrio:

As organizações precisam elaborar estratégias de bem-estar que beneficiem todas as gerações presentes em suas equipes. Em termos de flexibilidade, por exemplo, estudos em millennials indicam que eles preferem trabalho remoto e horários de trabalho adaptados às suas necessidades, enquanto as pessoas da Geração X dão grande importância ao equilíbrio entre vida pessoal e vida profissional.

Oferecer horários de trabalho flexíveis, horas de trabalho a partir de casa se e quando for possível, bem como permitir que as pessoas equilibrem suas vidas pessoais com assuntos de trabalho é uma maneira eficaz de motivar seus funcionários e aumentar seu compromisso com a organização e seus objetivos.

Leia também: 3 Conselhos para implementar um horário flexível em sua empresa

Leia por cá: 5 Conselhos para realizar com êxito o trabalho a partir de casa

  1. Cultura e comunicação:

As organizações que têm uma cultura de trabalho bem definida, flexível, colaborativa e aberta melhoram consideravelmente o compromisso de seus colaboradores. A cultura é composta pelos valores e práticas da organização e se alimenta das formas e estilos de liderança dos diretores que, dia-a-dia, moldam o ADN da empresa e seus colaboradores.

Tendo isso claro, as empresas devem definir sua cultura organizacional e garantir que todos os funcionários a conhecem, a sentem como sua, a cultivam e que a “vivem” com orgulho. Para isso, é essencial estabelecer canais de comunicação que permitam um diálogo fluído entre colaboradores, chefes e colegas. Isso ajudará a gerar transparência na organização e a aumentar a retenção de talentos humanos.

Recomendamos: 3 Ações para estabelecer uma grande cultura organizacional

  1. Cargos e funções definidas:

Para realmente se envolver e ter um compromisso com sua empresa, as pessoas precisam saber como seu trabalho contribui para o sucesso da mesma. Para isso, é essencial comunicar pontualmente suas funções, tarefas e objetivos individuais, isso lhes permitirá estabelecer um roteiro para cumprir suas obrigações e será claro sobre sua contribuição para o funcionamento geral da organização.

Isto é especialmente importante para os millennials, já que eles geralmente procuram empregos com um propósito definido para o crescimento da carreira. A melhor maneira de manter seus colaboradores alinhados com os objetivos da empresa é fornecer-lhes as informações necessárias para realizar suas posições com sucesso e compartilhar o produto de seus esforços.

  1. Oportunidades de carreira:

Um fator chave para as pessoas decidirem deixar seu trabalho é a perceção da falta de oportunidades para desenvolver sua carreira, avançar dentro da organização e adquirir novos conhecimentos. A organização deve proporcionar informação clara a respeito das possibilidades de crescer profissionalmente dentro da empresa baseados no cumprimento de objetivos individuais estabelecidos.

Leia também: 10 passos para criar um Plano de Desenvolvimento Individual (PDI)

É importante oferecer programas de treinamento, coaching e mentoria que permitem aos colaboradores desenvolver suas capacidades, explorar seu potencial e pô-lo ao serviço da organização para que tanto sua carreira profissional como a empresa cresçam em paralelo e se complementam harmoniosamente.

Recomendamos: 3 Métodos para fortalecer as competências de seus colaboradores

Com toda essa informação, é hora de tomar as medidas adequadas para envolver seus colaboradores em sua organização. Permitir flexibilidade laboral, estabelecer uma cultura forte e difundi-la, definir as funções e metas individuais e criar oportunidades de desenvolvimento profissional são ações que vão permitir reter seu melhor talento humano, otimizar a produtividade e conseguir o tão desejado compromisso dentro de sua organização. Se não tomar as medidas adequadas acabará a perguntar: Para onde se foram meus melhores colaboradores?

Avalie o desempenho de sua equipe facilmente e aumente a produtividade e a retenção de talentos em sua organização