Produtividade

9 Passos eficazes para minimizar a rotatividade laboral em sua empresa

A excessiva rotatividade laboral é um dos principais fatores que incidem diretamente na redução da produtividade e competitividade nas organizações.

A mudança constante de funcionários afeta os processos produtivos da empresa, o rendimento dos diferentes departamentos da organização e a competitividade no mercado.

Em um artigo anterior, mencionámos as 5 razões pelas quais pode existir essa rotatividade laboral. Hoje trazemos uma lista com 9 passos a seguir para reduzir ao mínimo a rotatividade laboral em sua organização:

1. Definir cargos:

Desenhe um organograma que inclua todos os cargos que sejam necessários para conseguir a maior produtividade e competitividade em sua organização. Saber claramente as competências e requisitos de cada cargo é a única maneira para saber se seus funcionários ocupam o cargo mais adequado.

2. Salários justos:

Ofereça o salário adequado de acordo com as habilidades e trajetória de seus funcionários. Se sua empresa está passando por uma crise e não pode pagar o mesmo que outras ao colaborador, não minta nem se acomode a este pressuposto.

3. Treinamento e acompanhamento:

Envolva seus funcionários na cultura da organização, se são novos explique claramente o funcionamento da empresa e introduza-os no ambiente da equipe, não os deixe sozinhos e peça ao resto do grupo que estejam disponíveis para qualquer dúvida ou inquietação.

4. Treinamento contínuo:

Ainda que os funcionários já estejam adaptados à organização, não se esqueça de continuar seu treinamento para que sua empresa possa obter maior produtividade, enquanto os seus colaboradores desenvolvem e atualizam constantemente a sua carreira profissional.

5. Reconhecimento:

Com já dissemos antes, o reconhecimento antecipado das conquistas e pelo trabalho feito é chave para que seus funcionários se sintam satisfeitos e motivados. Não espera que passe m longo período de tempo, reconheça e aplauda o trabalho de seus novos funcionários cada vez que for necessário.

6. Escutar e dialogar:

Preste a devida atenção a seus funcionários cada vez que lhe pedirem, busque as soluções adequadas para cada caso e adote uma política de comunicação interna mantendo sempre um diálogo fluído e respeitoso para resolver os pedidos e inquietações de seus funcionários.

7. Tomar decisões:

Se o desempenho de seu funcionário novo não cumpre com as expectativas que tinha e a adaptação à empresa, as funções e o ambiente laboral não se conseguiu no tempo adequado, não duvide ao tomar as decisões necessárias para corrigir a situação, que podem incluir o despedimento do funcionário.+

8. Aumentos salariais:

Se o desempenho de seus funcionários estiver superando as expectativas e está melhorando notavelmente a produtividade de sua organização, não espere pelos momentos estabelecidos para aumentar os salários e estimule a produtividade de seu talento humano com um aumento sempre que seja possível para a empresa.

9. Avaliar o desempenho:

Faça avaliações de competências periodicamente em sua organização para identificar claramente os pontos fortes e as oportunidades de melhoria de cada membro da equipe.

A avaliação do clima laboral para aproveitar as forças e fraquezas, é outra ferramentas que pode adotar a empresa para gerar um ambiente laboral adequado e conseguir a atração e retenção do melhor do talento humano disponível no mercado.

Avalie o desempenho de sua equipe facilmente e aumente a produtividade e a retenção de talentos em sua organização