Produtividade

Cloud Computing, desvantagens e inconvenientes

Já falámos anteriormente sobre Cloud Computing, de seus conceitos básicos e dos benefícios que se obtêm ao implementá-lo como solução tecnológica para o armazenamento, gerenciamento e administração dos dados das organizações. Entre suas principais vantagens mencionámos a facilidade de acessar ao serviço sempre que necessário e a poupança em termos econômicos e logísticos que se obtem ao delegar esta tarefa em um provedor externo, evitando assim o desenvolvimento e manutenção de uma infraestrutura própria para o efeito.

No entanto, paralelamente aos benefícios que este modelo de armazenamento virtual traz, também existem algumas desvantagens ou aspetos negativos que causaram muitas dúvidas nas organizações na hora de a adotar, vamos mencionar os principais:

1. Segurança

É a principal preocupação que existe a respeito desta solução tecnolôgica e é ao mesmo tempo o principal desafio que as empresas provedoras de serviço enfrentam ao tentar melhorar seus sistemas de encriptação para proteger os dados. O compromisso das empresas de Cloud Computing é dar uma infraestrutura robusta com o maior nível de segurança e confiabilidade possível, mas devemos recordar que este sistema implica necessariamente que a informação e os dados armazenados nos servidores externos tenham que estar disponíveis para ser acessados, o que significa inevitavelmente que ao circular pela internet, a informação pode ser intercetada ou modificada por terceiros que se especializam em esse tipo de delitos informáticos.

2. Privacidade

A privacidade dos dados e da informação é um dos aspctos mais sensiveis em uma organização, os próximos desenvolvimentos, os projetos futuros ou o armazenamento de novos produtos e serviços são exemplos de assuntos chave para o desempenho de uma empresa que ao estar alojados nos servidores do provedor de Cloud Computing evidentemente deixam de ser conhecidos apenas pela organização dona deles.

A confiança é a premissa básica quando se entregam os dados ao provedor para seu armazenamento, ao fazê-lo estamos seguros que as garantias dadas evitarão qualquer tipo de filtro ou fuga de informação, mas devemos ser conscientes que ao adotar o serviço, a informação deixa de estar exclusivamente em nosso poder e que em um mundo completamente aberto como o da internet tudo pode acontecer, ainda mais quando a privacidade é um dos aspetos mais polémicos e discutidos na rede visto que nunca vai estar garantida a 100%.

3. Conectividade

Entre os benefícios do Cloud Computing mencionávamos a facilidade de acesso aos dados mediante uma conexão à internet e um dispositivo apto para tal, mas ao mesmo tempo uma grande desvantagem visto que a possibilidade de acesso à informação depende diretamente da qualidade e disponibilidade do serviço prestado pelo provedor da internet (ISP).

Ao estar alojado em servidores externos, os dados não estão fisicamente em nossa empresa e somente podem ser gerenciados na nuvem através de conexão à internet, que quando não funcionar, situação que pode acontecer em qualquer momento por muitos fatores, poderiam provocar problemas ou falhas operacionais graves se necessitamos de informação urgentemente, isto quer dizer que apesar dos dados estarem sempre alinhados, o acesso a eles depende novamete de um terceiro, a empresa de internet, e não da organização nem do provedor de Cloud Computing.

Tendo em conta estas situações que podem afetar a segurança dos dados, as organizações que decidam implementar uma solução de Cloud Computing devem analisar profundamente cada uma das possibilidades, características, serviços, suporte e garantias que incluam a oferta dos possíveis provedores do serviço. Outro ponto a ter em conta é a trajetória e a reputação da empresa escolhida, com bons antecedentes no mercado se terá mais confiança no provedor e se poderá exigir a maior segurança e confidencialidade possível no manejo da informação.

Avalie as competências de seus colaboradores e aumente a produtividade de sua organização