Produtividade

Os 3 erros das organizações que diminuem a produtividade laboral

Em muitas organizações, especialmente naqueles que estão em um processo de expansão. Existem práticas, muitas vezes sem que nos apercebamos delas, que diminuem a produtividade laboral, afetam o ambiente de trabalho e desmotivam o talento humano.

Para detectar essas práticas, é aconselhável realizar uma pesquisa de clima laboral e de cultura organizacional, que identificam os aspectos em que se está fazendo uma má gestão e permitem encontrar soluções para fazer uma transição adequada para um espaço de trabalho mais amigável, produtivo, colaborativo e competitivo.

Essas práticas prejudiciais podem limitar seriamente o cumprimento das expectativas de crescimento planejadas e aumentar a rotatividade laboral da equipe de trabalho, que se sente desmotivada e desorientada. Estes são os 3 erros mais frequentes que diminuem seriamente a produtividade em uma organização.

  1. Não transmitir as expectativas

Quando as empresas atingem um certo nível de crescimento e posicionamento, alguns gerentes desaceleram o ritmo e se perguntam: porquê continuar a trabalhar tão arduamente se já cumpri minhas expectativas?

Os gerentes que agem dessa maneira atingiram o topo em seu trabalho, não sabem como levar a organização ao próximo nível e pararam de pensar em grande. Isso acontece porque eles preferem proteger e manter o que conseguiram em vez de assumir novos desafios e estabelecer expectativas mais ambiciosas.

O problema que surge neste ponto é o sentimento de desmotivação que assume o talento humano da empresa. Quando todos vêem que seu próprio líder decidiu parar o crescimento e não assumir novos desafios, seu sentido de responsabilidade e compromisso cairá, o que afetará significativamente sua produtividade.

Aprenda mais aqui: Como impulsionar a motivação laboral em 3 passos

  1. Falta de cultura, visão e valores

Embora pareça óbvio, estabelecer uma missão, visão e um conjunto de valores que formem uma cultura organizacional adequada é essencial para alcançar o compromisso e a motivação dentro de uma organização.

A missão é o núcleo principal do propósito e da projeção de uma organização. Os líderes devem manter a missão independentemente das circunstâncias, positivas ou negativas, e certificar-se de que está sempre claro do que se está fazendo, por que é feito, para quem é feito e quais os resultados que se querem alcançar.

Os valores referem-se aos princípios e comportamentos, comuns a toda a equipe de trabalho, que descrevem a forma como se buscam os objetivos e como eles se cruzam. A falta de valores gera caos, comportamentos indesejados e práticas desonestas que podem afetar seriamente a imagem pública da organização.

Encontre aqui: 3 Ações para estabelecer uma grande cultura organizacional

  1. Exagerar nas metas

No primeiro ponto, dissemos que quando uma organização atinge seus objetivos e deixa de pensar em grande, acaba desmotivando os seus colaboradores e estagnando os processos produtivos. No entanto, definir objetivos demasiado ambiciosos, sem ter em conta a capacidade real da organização é outro erro comum que afeta a motivação e o desempenho.

Alguns líderes acreditam que a estratégia de estabelecer metas ambiciosas, mas difíceis de alcançar, é uma boa maneira de motivar os funcionários. Esta não é uma boa ideia porque as pessoas podem perder o rumo em seu trabalho quando percebem que o tempo e os recursos à sua disposição não chegam para alcançar os objetivos definidos.

Os objetivos gerais de uma empresa e de cada um de seus colaboradores devem ser concisos, realistas e ter o tempo e os recursos necessários para completá-los. Se os objetivos forem alcançados mais cedo do que o esperado, é aconselhável analisá-los e aumentá-los para aproveitar o tempo que fique disponível.

Recomendamos: 3 Conselhos para estabelecer metas corporativas

Em conclusão, as organizações devem garantir que criam uma visão, missão e valores que gerem uma cultura partilhada por todos os colaboradores. O papel dos líderes é entender que suas responsabilidades vão mudando durante as diferentes etápas de crescimento e maturação da organização.

Lea también: Os 8 elementos básicos para desenhar uma estratégia corporativa

O comportamento da direção tem impacto no desempenho de seus funcionários. Um líder capaz de estabelecer metas reais, promovendo a visão e valores para criar uma cultura organizacional ótima, mantendo sua equipe motivada e ambiciosa. Um líder deve também saber delegar tarefas, comunicar de forma eficaz e planejar o futuro na companhia de um talento humano altamente produtivo e comprometida com seu trabalho.

Avalie o desempenho de sua equipe facilmente e aumente a produtividade e a retenção de talentos em sua organização