Produtividade

Passos para estabelecer metas SMART em sua empresa

Definir as metas organizacionais é um processo fundamental que determina as prioridades das empresas, assim como o nível de desempenho esperados dos colaboradores e dos departamentos. Por esta razão, os administrativos devem se focar em criar, atribuir e comunicar metas SMART adequadas para as suas necessidades para assegurar a concretização de sua estratégia.

As metas SMART são uma metodologia criada pelo professor e investigador George T. Doran para identificar aquelas qualidades essenciais e imprescindíveis que deve ter uma meta inteligente que permita à empresa impulsionar a correta execução de seus processos internos. Estas são as qualidades necessárias para ter metas SMART: Específicas, Mensuráveis, Alcançáveis, Relevantes e limitadas no Tempo.

Para que possa contar com metas coerentes, transparentes e facilmente mensuráveis explicaremos passo a passo como as redigir:

1. Basear-se no marco estratégico

As metas devem ser um reflexo claro da missão e visão da empresa. Uma empresa que tenha como visão se converter em líder do mercado regional deve traçar metas comerciais e financeiras que assegurem o seu cumprimento. Por isso, é necessário revisar o marco estratégico para definir o enfoque que as metas terão – tanto individuais como grupais.

Leia também: 5 Características de metas adequadas para sua empresa

2. Identificar variáveis e definir a maneira de as medir

Serão identificadas as variáveis que permitirão quantificar as metas e alinhá-las com o marco estratégico. Ou seja, serão definidos os dados relevante e mensuráveis que revelarão o nível de cumprimento da meta. As variáveis econômicas e financeiras para uma empresa que queira ser líder em seu mercado serão as seguintes: Quantidade de clientes novos, percentagem de aumento de vendas, rentabilidade, entre outras.

Neste passo também serão formulados os KPIs (Key Performance Indicators) que permitirão validar os indicadores aplicando critérios técnicos e objetivos, assim como serão assinaladas as fontes dos dados ou os meios de verificação. Para este caso, o KPI pode ser vendas, custo de processos ou ROI. Aqui um primeiro esboço da meta:

“Aumentar a carteira de clientes em 10%”

3. Definir um período de medição

Assim sendo, definirá o período de medição para dotar a meta de especificidade. Desta maneira, os colaboradores terão um tempo delimitado para cumprir a meta, o que pode estar vigente a nível semanal, mensal, trimestral, semestral ou anual. Com esta informação definida podemos ir estabelecendo nossa meta SMART:

“Aumentar a carteira de clientes em 10% durante o próximo trimestre”

Recomendamos: 4 Conselhos para cumprir suas metas laborais

4. Estabelecer um semáforo de resultados

Neste ponto definimos a escala de valores desejados por cada um dos indicadores. Aconselhamos que fixe um semáforo de resultados que facilite a quantificação de rendimiento e o reconhecimento de oportunidades de melhoria dentro das equipes de trabalho. O semáforo de resultados para os membros da área de vendas pode ser o seguinte:

  • Verde (Excelente): Mais de 1.500 clientes novos.
  • Amarelo (Regular): 1.000 a 1.500 clientes novos.
  • Vermelho (Deficiente): Menos de 1.000 clientes novos.

No final receberá um gráfico de tendências onde se verá a percentagem de cumprimento real vs. a meta e o número de colaboradores que cumpriu a meta. Tratam-se de métricas que serão o reflexo do estado da produtividade da empresa.

Encontre aqui: Como alinhar o talento humano e as metas de sua empresa em três passos

5. Escolher um responsável

É necessário definir um responsável que monitore o desempenho de cada um dos colaboradores em relação à meta atribuida. Pode ser o chefe de departamento ou o gerente de RH, o importante é que alguém se responsabilize pelo monitoramento para cumprir com o previsto. Também será o encarregado de criar planos de ação em caso de detetar alguma possibilidade de incumprimento.

No final, uma meta que reuna todas as características de uma meta SMART estará escrita da seguinte forma:

“Aumentar a carteira de clientes em 10% (de 10.000 para 11.500) durante o próximo trimestre.”

6. Documentar os resultados

Com a informação compilada poderá criar uma biblioteca de resultados históricos com o objetivo de fazer análises comparativas da mesma meta ao longo do tempo. A isto deve somar a criação de espaços de participação onde possa relatar o desempenho em relação à meta e em comparação com os restantes membros de sua empresa.

O cumprimento das metas é edificado no dia-a-dia com o contributo de cada colaborador. Por fim, será a sua perserverança, motivação e esforço que permitirão à sua empresa obter os sucessos globais e individuais que foram inicialmente projetados.

Avalie o desempenho de sua equipe facilmente e aumente a produtividade e a retenção de talentos em sua organização