Produtividade

Performance Advisor: a nova tendência em Recursos Humanos

Muitas vezes, considera-se que os departamentos e os responsáveis de recursos humanos nas organizações devem se focar especificamente em sua especialidade e ser o principal suporte ao realizar os processos de contratação ou demissão de membros da equipe. No entanto, o Instituto de Produtividade Empresarial (I4CP) realizou uma pesquisa intitulada “O Futuro dos Recursos Humanos – A transição para Performance Advisor” e as conclusões são bastante diferentes.

A pesquisa do I4CP levou em conta dados quantitativos e qualitativos obtidos através de entrevistas com cerca de 70 CHROs e executivos seniores de empresas na lista Fortune 1000 e por meio de uma pesquisa com mais de 400 profissionais de recursos humanos em todo o mundo.

O estudo afirma que o profissional de RH deve se converter em um Performance Advisor, um consultor de desempenho, e estar totalmente envolvido no dia a dia da organização. Também deverá entender perfeitamente o funcionamento das áreas financeira e de negócios de sua empresa, agindo de forma inteligente e com o maior interesse e curiosidade possível para descobrir e ajudar a superar os obstáculos que surgem em qualquer departamento da empresa.

Por esta razão, a tendência indica que os profissionais de RH devem ter a segurança e o valor como premissas para investigar os temas mais sensíveis da empresa, e o conhecimento e a vocação para ser um apoio permanente para os encarregados de elaborar e executa as estratégias de negócio para acrescentar valor, competitividade e produtividade às organizações.

Outra conclusão interessante do estudo indica que as universidades não estão produzindo profissionais em recursos humanos com as habilidades necessárias para enfrentar os desafios colocados pelas dinâmicas laborais de hoje. Tradicionalmente, muitas organizações têm parcerias com universidades para influenciar o conteúdo curricular de alunos de licenciatura em recursos humanos. No entanto, atualmente apenas 26% das organizações de alto desempenho vêm nessas parcerias uma forma eficaz de garantir a disponibilidade de futuros talentos de recursos humanos.

Em vez de contratar graduados com formação em recursos humanos, as empresas preferem formar seus próprios funcionários ou contratar profissionais com base nas competências necessárias que nomeamos no início, tais como negócios, marketing e finanças, combinadas com o conhecimento na administração do talento humano. 66% das organizações de alta performance estão preparando os líderes de RH internamente com as habilidades necessárias para o futuro, em vez de contratar profissionais externos.

Isso acontece porque as organizações de hoje enfrentam desafios que abrangem muitas disciplinas ao mesmo tempo e preferem que os profissionais de RH se tornem pessoas estratégicas que podem contribuir seu conhecimento para encontrar soluções de todos os tipos. Pessoas com alto grau de adaptabilidade são procuradas para formar equipes com profissionais de marketing, comunicação, tecnologia, design e finanças, capazes de solucionar qualquer problema de negócios que possa surgir na empresa. Para 71% dos participantes da pesquisa, a capacidade de pensar e agir estrategicamente é a competência mais importante deve ter os gestores de RH podem ter hoje, e será ainda mais importante em cinco anos.

Essa noção de Performance Advisor é uma questão que os líderes de RH devem começar a estudar e a colocar em prática. A compreensão de métricas e análises, a capacidade de influenciar decisões corporativas, a curiosidade, a capacidade de pensamento estratégico e a confiança para aplicar de forma assertiva suas habilidades são apenas algumas das competências que identificam um profissional de RH como um verdadeiro Consultor de Desempenho, além de uma mentalidade que combina a capacidade de identificar problemas de negócios e respostas criativas e rápidas a eles para se tornarem consultores estratégicos para a alta administração da organização.

Avalie o desempenho de sua equipe facilmente e aumente a produtividade e a retenção de talentos em sua organização