Produtividade

Reconhecimento precoce: a chave para diminuir a rotatividade laboral

As altas taxas de rotatividade laboral estão se tornando mais frequentes nas organizações e a retenção de funcionários tornou-se o principal desafio para as empresas e seus departamentos de recursos humanos. A rotatividade laboral, como já dissemos anteriormente, é um dos principais fatores que afetam a redução da produtividade e competitividade nas organizações.

De acordo com um relatório do Bureau of Labor Statistics dos Estados Unidos (Gabinete de Estatísticas Laborais), os trabalhadores americanos permanecem em seus empregos, em média, apenas 4,6 anos. No setor público, a média é de 7,8 anos e a média para jovens trabalhadores, nascidos após 1985, atinge apenas 3,2 anos.

Apesar dessas altos valores de rotatividade, um inquérito realizada pela empresa americana de consultoria analítica em recursos humanos Accelir, diz que 91% das empresas estabeleceram programas de bonificações e estímulos para reconhecer seus funcionários mais destacados, mas que apenas 12% deles têm um programa de reconhecimento e deteção precoce de talentos extraordinários.

Como criar uma estratégia de reconhecimento sólida?

A rotatividade laboral depende de muitos elementos, o clima laboral, a motivação e a flexibilidade são apenas alguns. Uma estratégia de reconhecimento precoce do talento humano da organização pode ser uma grande ajuda para aumentar a retenção e evitar a diminuição da produtividade sempre que um empregado sai da empresa.

Uma estratégia sólida para o reconhecimento precoce do talento depende da coordenação de vários aspectos ao mesmo tempo. Aqui estão 5 conselhos para fazer com que o reconhecimento precoce funcione como uma estratégia para reduzir a rotatividade laboral:

1. Oriente os novos funcionários:

Não responda apenas por email ou em reuniões de grupo às preocupações ou instruções que seus novos funcionários façam, dedique tempo a eles e converse com eles sempre que tiverem dúvidas ou sugestões sobre seu trabalho. A comunicação impessoal e a falta de atenção são um aspecto que desmotiva e pode levar ao abandono da empresa

2. Facilite o desenvolvimento das pessoas:

O treinamento e o tempo que der aos seus novos funcionários para seu desenvolvimento profissional sejam fundamentais para que eles se sintam motivados e importantes para a organização, além de acrescentar valor à empresa com os novos conhecimentos e habilidades adquiridas. As empresas que colocam obstáculos ao desenvolvimento profissional de sua equipe de trabalho e não se preocupam com a formação e o treinamento tendem a perder seu talento humano mais rápido.

3. Reconheça os sucessos rapidamente:

Reconhecer as conquistas e os esforços dos novos funcionários após o primeiro ano de trabalho é uma estratégia importante para que se adaptem a essa cultura de reconhecimento e saibam que são valorizados e tomados em consideração pela administração da empresa desde o início.

4. Estabeleça um ambiente colaborativo:

Peça à sua equipe para ajudar os novos funcionários quando eles precisem, para os fazer sentir bem-vindos e confortáveis, para os integrar rapidamente na dinâmica do trabalho, reconhecer seus sucessos e aconselhá-los sempre que pedirem conselhos para melhor realizar seu trabalho. Isso irá motivá-los e aumentar sua retenção.

5. Recorde o salário emocional:

As recompensas e estímulos monetários não são a única maneira de reconhecer o talento de seus funcionários, o salário emocional é muitas vezes mais importante para aumentar sua motivação e compromisso. Reconheça suas conquistas e permita que as instalações de trabalho mantenham um equilíbrio entre suas vidas pessoais e o trabalho, pergunte-lhes o que precisam e respeite as condições de trabalho acordadas no início

Avalie o desempenho de sua equipe facilmente e aumente a produtividade e a retenção de talentos em sua organização