Recursos Humanos

2 Razões para envolver os Recursos Humanos em sua estratégia de negócio

O mercado atual é definido por uma intensa competição pelo melhor talento qualificado. Neste contexto, os diretores de recursos humanos devem assumir um papel de liderança e ter um impacto decisivo nos resultados financeiros das organizações. O objetivo é se tornar uma parte ativa da estratégia da empresa e oferecer soluções para contribuir para o cumprimento das metas.

Desde os processos de recrutamento e seleção, passando pelo desenvolvimento, treinamento e promoção, até à criação de estratégias efetivas de retenção, os departamentos de talento humano devem ser capazes de medir o impacto de suas ações para mostrar à direção qual é a sua verdadeira contribuição para o sucesso corporativo.

Recomendamos: 10 Conselhos para gerir seus recursos humanos

Um estudo feito pela empresa de recrutamento online CareerBuilder, na qual participaram 88 líderes de empresas, 65% deles afirmaram que as opiniões dos líderes de recursos humanos de suas organizações são mais importantes que nunca para as altas chefias. De facto, 73% dos inquiridos já incorporaram os dados gerados pelo departamento de Recursos Humanos em sua estratégia de negócio.

Leia também: O departamento de recursos humanos em busca do protagonismo

Esses resultados sugerem que essa tendência está deixando de ser teórica para começar a ser verdadeiramente posta em prática. E a razão é muito simples: eles obtêm os dados e a capacidade necessária para ajudar as empresas a otimizar os processos de seleção, retenção e desenvolvimento de talentos humanos.

Os líderes de recursos humanos conhecem a cultura organizacional de sua empresa e estão envolvidos na criação de uma equipe de trabalho que permita atingir os objetivos da empresa. Se você ainda não decidiu, estas são 2 razões pelas quais você deveria envolver o Departamento de Recursos Humanos em seu plano estratégico de negócios:

  1. Agilizar o recrutamento:

48% dos CEOs inquiridos pela CareerBuilder dizem que perderam dinheiro devido a estratégias de recrutamento ineficientes. Os líderes de recursos humanos têm os dados obtidos durante os processos de seleção para criar e analisar métricas específicas que permitam medir a eficiência dos processos de contratação.

Através de plataformas de recrutamento e processos de análise, a equipe de recursos humanos pode oferecer soluções concretas para reduzir as ineficiências dos processos. Isso é vital no planejamento estratégico da empresa para alocar recursos adequados a esses processos, otimizar as ferramentas e construir mecanismos de seleção alinhados ao metas estratégicos da empresa.

Encontre por cá: Os 7 pecados capitais de um Diretor de Recursos Humanos

  1. Identificar as brechas do talento humano:

As brechas de competências são uma preocupação real para as organizações, pois a luta para encontrar talentos qualificados para preencher suas vagas está ficando mais forte. Os líderes de recursos humanos são os indicados para enfrentar esse desafio e manter o nível de produtividade adequado para atingir as metas da empresa.

Recomendamos: 3 Razões para gerir seus recursos humanos na nuvem

Os recursos humanos podem implementar pesquisas de desempenho para identificar as brechas de competências laborais existentes nos diferentes departamentos, níveis (tático, estratégico, operacional) e cargos das organizações. Com esta informação, é possível criar um plano estratégico a curto e médio prazo para fechar estas brechas e alcançar todo o potencial produtivo do talento humano da empresa.

A participação dos líderes de recursos humanos em reuniões estratégicas permite obter uma visão única, baseada em experiência e dados, sobre a real situação do talento humano, suas necessidades e suas lacunas.

Encontre por cá: Como evitar cortes no orçamento do departamento de recursos humanos

Além disso, eles são os indicados para definir ferramentas de gestão e avaliação de talento que permitem reduzir custos e aumentam a produtividade. Essas ferramentas podem passar pela reorganização das equipes de trabalho, o alinhamento das metas globais com os objetivos individuais, a criação de métricas para quantificar o cumprimento dos objetivos, etc.

As organizações devem aproveitar os conhecimentos valiosos que o departamento de recursos humanos tem sobre a capital mais importante de uma empresa: seu talento humano. Os líderes que decidirem fazê-lo fortalecerão sua estratégia de negócio com soluções criativas e com dados reais sobre os problemas que devem resolver em sua própria empresa.

Avalie as competências de seus colaboradores e aumente a produtividade em sua organização