Recursos Humanos

3 Razões para gerir os seus Recursos Humanos com Big Data

Como na maioria dos campos profissionais, a tendência dos Big Data também irrompeu na área de gestão de recursos humanos. De acordo com um estudo da empresa de consultoria e análise de dados SAS, na Europa, até 2018 haverá 6400 organizações com mais de 100 funcionários que terão implementado Big Data em seus departamentos de RH.

Esta não é uma novidade, se levarmos em consideração que o conceito de Big Data está chegando a todos os cenários empresariais do mundo. A gestão, avaliação e uso de grandes volumes de dados tornou-se um mecanismo para melhorar o desempenho profissional das pessoas.

Através do acompanhamento, avaliação, análise e intercâmbio de dados relacionados ao rendimento e realização de objetivos dos colaboradores, organizações e, em particular, suas áreas de gestão de talentos humanos, pode obter uma visão global e detalhada do desempenho de sua equipe, suas áreas de melhoramento e seus pontos fortes.

A aplicação da análise de dados permite tomar decisões mais precisas e justas com os colaboradores, com base em informações reais sobre seu desempenho, bem como servir como um apoio para aumentar a motivação e compromisso dentro da organização

Embora a maioria das organizações ainda não tenham entrado na tendência de Big Data para gerir o desempenho de seu talento humano, aqui estão 3 razões para começar a fazê-lo agora. Vejamos:

  1. Melhor recrutamento:

Ao usar um grande volume de dados, o departamento de recursos humanos pode ser muito mais analítico e estratégico em seus processos de recrutamento. Em vez de navegar por centenas de currículos repetitivos e dependendo de intuições e sensações, é possível aproveitar os dados reais para evitar fazer mais contratações.

Dados como sua presença e comportamento em redes sociais, bases de dados online, registros de trabalhos anteriores e aplicativos para vagas, configuram informações valiosas para escolher a pessoa certa para a organização.

Recomendamos: As mentiras mais comuns nos CV

  1. Maior retenção:

Uma das vantagens de usar dados na organização é a possibilidade de entender os motivos pelos quais os funcionários abandonam ou permanecem na empresa. Ferramentas como inquéritos de satisfação, pesquisas de clima laboral, entrevistas de saída, etc., possibilitam prever e prevenir o desgaste das pessoas com seu trabalho.

Ao analisar essas várias fontes de dados, é possível identificar os problemas específicos que levam ao aumento da rotatividade laboral na empresa e a criar estratégias para atacar essas situações, fortalecer o compromisso, gerar satisfação e aumentar a produtividade global e individual.

  1. Formação inteligente:

Programas de treinamento destinados a aproveitar o potencial dos colaboradores e contribuir para a formação profissional são necessários para fortalecer a capacidade produtiva nas organizações, mas às vezes são muito caras e não produzem os resultados esperados.

A Big data é uma ferramenta chave para medir a eficácia dessas políticas de treinamento profissional e garantir que os investimentos que estão sendo feitos são inteligentes. Os recursos humanos devem se concentrar na obtenção de dados para saber se os funcionários estão aproveitando ou não as oportunidades de desenvolvimento que lhes são oferecidas e se eles estão aplicando corretamente esse conhecimento em seu trabalho.

Encontre aqui: 3 Razões para gerir seus recursos humanos na nuvem

Como podemos ver, a implementação de Big Data dentro das organizações é uma ótima alternativa para gerenciar o talento humano. O objetivo é ajudar a empresa a ter uma visão precisa do comportamento e do desempenho da equipe para mantê-los, treiná-los melhor e recrutar de forma eficiente

Recomendamos: 6 Conselhos para preparar sua próxima pesquisa de desempenho

Um software de recursos humanos na nuvem é uma ferramenta adequada para armazenar, gerenciar e tirar proveito dos dados gerados por processos, tais como avaliações periódicas de clima organizacional, competências laborais e indicadores de desempenho. Todos esses processos permitem compreender melhor a eficácia dos investimentos feitos para melhorar a produtividade, aumentar a motivação do trabalho e reduzir a rotação laboral.

Avalie as competências de seus colaboradores e aumente a produtividade em sua organização