Recursos Humanos

4 Vantagens da Psicologia Positiva nas organizações

Existem organizações que cresceram sob a filosofia de aprender analisando as falhas para crescer a partir delas. A nova proposta, A Psicologia Positiva, é “o estudo científico do funcionamento humano ideal” (Seligman, 1999), que procura melhorar os ambientes de trabalho para alcançar o máximo desenvolvimento pessoal e apoiar o sucesso do negócio a partir da análise e criação do positivo. Integrar esse modelo de pensamento e ação tem quatro vantagens principais:

1. PESSOAS POSTIVAS:

Em termos organizacionais, as pessoas que alimentam suas emoções positivas são uma vantagem para as empresas porque são mais receptivas a novos conhecimentos, acelerando a rampa de aprendizagem que se refletirá em uma melhor produtividade e inovação no trabalho.

Algumas características de pessoas positivas são a capacidade de autocontrole e controle de emoções positivas, que geram recursos psicológicos autênticos para formas efetivas de enfrentamento, garantindo relações interpessoais positivas no ambiente de trabalho, contribuindo para a construção e desenvolvimento de um clima organizacional adequado e motivador. As organizações devem treinar pessoas cujo pensamento é otimista, mas que está pronto para situações difíceis, do positivo.

2. MELHORAR A GESTÃO:

Essa vantagem é baseada na geração de planos de ação que incluem programas e instrumentos específicos para incentivar a maximização da produtividade a partir da otimização de competências humanas positivas. Ao gerenciar os planos dentro dessa visão, um ambiente interno positivo é construído, tornando a organização mais eficiente e aumentando sua posição no mercado.

Leia Também: 5 erros que diminuem a produtividade

Em termos de cultura e clima, explorar aspectos positivos que caracterizam as equipes de trabalho de alto desempenho, permite conhecer virtudes deles que podem ser replicadas e/ou aprimoradas para promover o alto desempenho em outras equipes. Virtudes como aspectos de liderança, comunicação, sistemas de remuneração, cultura de solução de problemas, incentivos à criatividade e motivação devem ser analisadas para promover o fortalecimento da organização.

3. MOTIVAÇÃO:

A vantagem para a motivação está no nível de comprometimento e “flow”. Esses dois aspectos aumentam o sentimento de felicidade ao tornar o trabalho diário cada vez mais adequado ao colaborador em um clima organizacional positivo, potenciando ao mesmo tempo o seu desempenho.

O termo fluxo, é entendido como um estado de concentração ou absorção completa na atividade em que a pessoa se encontra desde que esteja desfrutando dela. Isso é uma vantagem, porque se for alcançado em tarefas específicas ou trabalhos temporários, nesses momentos, alcançaremos a produtividade máxima do trabalhador que estará constantemente satisfeito. Para isso, três aspectos são necessários: Consciência de objetivos claros e seu feedback imediato, Conhecimento sobre a satisfação, alto senso de controle e perda de autoconsciência e de noção temporal.

Veja: 7 características de um colaborador de alto desempenho

Quanto ao comprometimento, entende-se como um estado afetivo positivo caracterizado por altos níveis de ativação mental, persistência e disposição para investir esforços em um objetivo claro, entusiasmo, orgulho, inspiração e concentração. O exposto acima tem efeitos positivos na retenção de funcionários, o que otimiza os recursos que são investidos em treinamento, treinamento, seleção entre outros e mais uma vez, na construção de um clima organizacional positivo e proativo para melhorar.

4. ORGANIZAÇÕES SAUDÁVEIS:

Ao construir uma organização saudável, com base nos aspectos positivos, leva-se em conta as diferentes dimensões do bem-estar integral dos funcionários, incluindo os níveis de saúde, ocupacional e pessoal dos mesmos. O compromisso de acompanhar os processos com os funcionários é aprimorado, para fortalecer suas habilidades e melhorar seu desempenho constantemente, a partir da replicação e desenvolvimento dos aspectos positivos.

Para isso, mantêm a congruência entre os valores e políticas organizacionais e os planos de ação de seus funcionários, antecipando-se e adaptando-se às mudanças relevantes para manter a posição positiva e no sentido de melhorar a produtividade. Essas organizações estão dispostas a investir esforços colaborativos para maximizar o bem-estar, na expectativa de uma resposta proativa e colaborativa e de iniciativa pessoal, aumentando o senso de responsabilidade em relação ao autodesenvolvimento da excelência profissional na empresa.

Na construção dos sistemas de pensamento e ação que farão parte de nossa cultura e clima organizacional, é importante levar em conta a Psicologia Positiva, uma vez que ajuda a otimizar os processos organizacionais, aumentando a satisfação pessoal, a motivação e a formação de pessoas positivas, cujas ideias contribuam para a solução do problema e não pensar nos muitos obstáculos.

Avalie o desempenho de sua equipe facilmente e aumente a produtividade e a retenção de talentos em sua organização