Recursos Humanos

5 Chaves para atrair e reter o melhor talento humano

A retenção se converteu em um grande desafio para as empresas. Até ao ponto de ser considerado um fator prioritário para que as empresas possam sobreviver em uma economia digital cada vez mais exigente e em mudança. Nesse sentido, as áreas de R.H. devem contar com estratégias que permitam fidelizar o melhor talento humano.

Não se trata de um tema de pouca importância. Segundo um estudo feito por Deloitte, “os custos associados com o processo de substituir um trabalhador de um cargo médio podem significar para a empresa até 150% do salário anual”. No mercado colombiano, esta situação se traduz em perdas de pelo menos 1’155.687 pesos mensais, segundo a análise de Performia Colombia.

Recomendamos: 4 Conselhos para reduzir o tempo dos processos de seleção

Por esta razão, hoje trazemos cinco regras fundamentais que te permitirão começar a atrair e reter o melhor talento humano em sua organização. Cada uma destas regras foi descrita pelo reconhecido consultor David Russo, que também é o presidente e diretor geral de Eno River Associates, Inc. Vejamos:

  1. Clima laboral respeitoso

Este é um fator a que os funcionários dão muita importância, pois nada oferece maior bem-estar do que estar em um ambiente laboral colaborativo, onde existe simpatia autêntica simpata entre cada um dos colaboradores. Sem ter em conta que, segundo vários estudos, o clima influencia de maneira positia a produtividade e o desempenho dos funcionários.

  1. Aplaudir o esforço, recompensar a contribuição

“O esforço autêntico e o trabalho são dignos de nosso reconhecimento, mas apenas o trabalho bem feito e que cria vantagem competitiva para a empresa deve ser bem recompensado”, afirma o executivo do Instituto SAS. Para isso deve ser estabelecido um sistema de recompensas e benefícios de acordo com o cargo e as contribuições feitas por cada funcionário.

  1. Cultura de ‘não perdedores’

É necessário instaurar uma cultura organizacional que permita aos colaboradores assumir riscos e empreender novos projetos, sem medo de castigos ou represálias caso cometam algum erro. Esta é a base para impulsionar a inovação, o primeiro passo para erradicar a ideia do perdedor/ganhador dentro da organização.

Leia também: Lições de liderança que aprendi na Acsendo

  1. Divertir-se trabalhando

Não é um segredo que muitas vezes o trabalho é associado a espaços rotineiros e sem alegria onde não parece haver espaço para a criatividade, o humor ou a camaradagem. Face a isso, um líder deve saber como transformar sua empresa para que o trabalho se converta em uma experiência agradável e motivadora.

  1. Proporcionar recursos

Muitas empresas têm a pensar que quando se fala de ‘oferecer recursos aos funcionários’ estamos falando unicamente de recursos materiais ou monetários. Não se trata de derrotar os recursos, mas oferecer as ferramentas necessárias para que todos os funcionários possam progredir, abrir caminhos e superar os obstáculos com sucesso.

As empresas dependem de seus funcionários. Por isso é fundamental criar uma cultura que reconheça o mérito, impulsione o desenvolvimento e promova o bem-estar da equipe de trabalho. No final, os funcionários ficarão conscientes da preocupação da empresa por seu desenvolvimento e devolverão esta retribuição assumindo os objetivos da empresa como seus próprios.

Avalie o desempenho de sua equipe facilmente e aumente a produtividade e a retenção de talentos em sua organização