Recursos Humanos

6 Conselhos para dar feedback eficaz aos seus colaboradores

Todos os gerentes devem fornecer feedback aos seus funcionários como parte do processo de melhoria contínua da organização. No entanto, para tornar o feedback em um mecanismo eficaz e oportuno para ajudar os funcionários a desenvolver suas habilidades e aumentar seu desempenho, é necessário levar em consideração algumas diretrizes que tentaremos explicar neste artigo.

Dar feedback não é simples. Pelo contrário, falamos de um processo delicado que deve ser realizado com a maior consciência e transparência possível, porque, ao fazê-lo corretamente, podemos acrescentar valor à organização, melhorando seus indicadores. Caso contrário, isso pode fazer com que o funcionário se sinta atacado e menosprezado.

Para que você possa obter um processo de feedback útil e eficaz, aqui estão algumas diretrizes que você deve ter em mente:

  1. Não trate de assuntos pessoais

Muitas vezes os comentários de feedback são baseados em crenças e preferências pessoais, e não em dados objetivos. A única coisa que será alcançada ao questionar as crenças ou gostos do colaborador é gerar conflitos que possam afetar o estado do clima laboral. Tenha em mente que o processo de feedback envolve a abordagem de comportamentos e fatos específicos que devem ser aprimorados ou corrigidos.

Leia também: Quais são os segredos da Google para ter gerentes melhores?

  1. Avalie comportamentos corretamente

Expressar comentários sobre fatos específicos é fundamental. Esta declaração é um bom exemplo do que foi dito acima: “O relatório entregue na semana passada foi bem escrito, expressou o mais importante da área e foi facilmente interpretável.” Evite expressões imprecisas ao se referir aos fatos e comunique claramente o que você espera do colaborador e o que você acha que poderia mudar para melhorar.

  1. Aborde tanto o bom como o mau

Reconhecer o progresso em projetos e trabalhos significativos é uma das melhores estratégias para promover comprometimento, motivação e inovação. No entanto, também é importante tratar o que está pendente de melhoria. É aconselhável começar com o positivo, então você pode colocar exemplos do que não correu como esperado e propor uma alternativa.

Recomendamos: 9 Princípios-chave para motivar seus colaboradores

  1. Faça perguntas aos seus colaboradores

Esteja atento e compreensivo. Comece questionando os funcionários sobre seus deveres, peça-lhes que descrevam o que acham que estão fazendo bem e que aspectos poderiam melhorar para alcançar um melhor desempenho. Você também pode fazer perguntas sobre oportunidades de melhoria que o colaborador identifica para ajudá-lo a criar um Plano de Desenvolvimento Individual (PDI).

  1. Permita que estabeleçam seus próprios objetivos

Deixe claro ao colaborador que sua intenção é ser seu aliado na busca de alternativas que aumentem seu potencial. Por isso, não deve impor de forma inflexível uma série de atividades com as quais o funcionário possa não estar de acordo. Relembre-o das suas expectativas e peça que se comprometa em definir uma série de ações de melhoria.

Te pode interessar: 4 Formas de impulsionar a produtividade de seus colaboradores

  1. Estabeleça uma processo de monitoramento

Uma única sessão de feedback não é suficiente. O feedback deve ser um processo contínuo que envolve o estabelecimento de um período de acompanhamento que inclui várias sessões. Dessa forma, você poderá analisar o progresso com seu colaborador, saber se o feedback surtiu efeito e melhorou o desempenho ou se são necessárias medidas adicionais.

O feedback é uma ferramenta de grande poder. Representa uma oportunidade única de estreitar laços com o colaborador e incutir nele os valores da cultura organizacional. Quando o feedback é oportuno, específico e frequente, ele poderá transformar sua empresa em uma referência de crescimento constante que coloca o talento humano no centro de sua razão de ser.

Avalie o desempenho de sua equipe facilmente e aumente a produtividade e a retenção de talentos em sua organização