Recursos Humanos

Os desafios do Employer Branding

A competição pelo talento é cada vez mais exigente e desafiante, devido às mudanças geracionais na concepção e priorização do trabalho e as mudanças que se fazem nas dinâmicas organizacionais. Por isso, muitas organizações estão prestando mais atenção a fortalecer suas estratégias de employer branding para a atração e retenção do talento.

O employer branding é visto como o processo estratégico de marketing que uma organização gera para o cliente interno. Isto quer dizer que se criam estratégias enfocadas em atrair talento e retê-lo a partir da percepção que se gera da empresa, tanto interna como externamente, para a considerar um local ideal para trabalhar.

Dado ao anterior, é importante ter claros os desafios do employer branding. Em primeira instância, devemos considerar o desafio que implica o planejamento do employer branding, pois significa a coordenação dos processos de seleção, as estratégias de bem-estar, os programas de comunicação e publicidade tanto interna como externamente e o plano de onboarding, entre outros.

Leia Também: Produtividade: 5 conselhos para equilibrar a vida pessoal e laboral

O planejamento do projeto de employer branding inclui cinco momentos importantes. O primeiro deles implica analisar o alinhamento de clima e cultura organizacionais com os objetivos do employer branding e os objetivos organizacionais em si. O segundo momento é referente a definir e desenvolver, para isso devemos gerar um inquérito sobre a reputação interna e externa da organização, um benchmark da mesma face a outras empresas do mesmo setor.

Em terceira instância, é necessária uma ativação da marca que implica o compromisso dos criativos da empresa ou assessores externos para a eficácia do processo. A quarta etapa implica gerar um plano de comunicação que exalte as forças e privilégios de trabalhar na empresa. Por último, devemos medir a eficácia do projeto para comparar o inquérito inicial de percepção com o momento final e continuar melhorando com o passar do tempo.

Isto implica um desafio, pois é preciso somar esforços voluntários e involuntários de várias áreas da empresa que implicam um sistema de motivação que possa gerar o compromisso necessário para desenvolvê-lo e para gerar a cultura de passa a palavra do employer branding.

Veja: O que é o clima laboral e como devo avaliá-lo?

Por outro lado, devemos considerar o ideal de “great place to work”, que definiu um padrão de características básicas que uma empresa deve ter para ser considerada um local ideal para trabalhar. O facto de estar padronizado, implica a aquisição de recursos e a implementação das mudanças necessárias.

O desafio está em gerar valor acrescentado face à oferta padrão para conseguir não só ser um grande local para trabalhar, mas também ser único e diferenciado face às organizações do mesmo nível.

Isto requer esforço para trabalhar em planejamento e gestão de possíveis mudanças organizacionais que implica o poder adquirir algum certificado ou posicionamento no mercado definido como “great place to work”. Isto garante que o talento quer estar e ficar na organização.

Leia: 4 Ações para atrair e reter o melhor talento humano.

Por fim, é necessário fazer uma adaptação organizacional constante para ser equitativo e competitivo. A adaptação organizacional se dá a nível de atualização do projeto de employer branding para que seja eficaz desde as novas tendências no mercado em si: redes sociais, e-marketing, voz a voz, requerimentos e fatores de motivação das novas gerações e especificações novas para continuar crescendo em certificados de qualidade e trabalhos ideais. Também se deve considerar a atualização na medição e relatórios de eficácia para dar feedback sobre o processo e buscar oportunidades de melhoria.

Ao entender o impacto do employer branding para a atração e retenção do melhor talento e para a construção de um clima e cultura organizacional produtiva, devemos analisar todos os esforços e desafios que um bom projeto deste tipo implicam.

Avalie o desempenho de sua equipe facilmente e aumente a produtividade e a retenção de talentos em sua organização