Recrutamento

6 princípios fundamentais para redigir uma melhor oferta de emprego

Normalmente, a pesquisa de emprego é vista pela perspetiva do candidato, a pessoa que procura um emprego, evitando em grande parte a visão da empresa que deseja obter seus serviços. Devido a isso, existem, especialmente na rede, um grande número de guias e dicas para desenvolver o melhor currículo ou realizar uma entrevista de trabalho perfeita.

No entanto, poucas vezes encontramos informação útil para o empresário, que talvez também precise ajuda a nível e recrutamento laboral e sobre tudo quando colocar um bom anúncio de trabalho nos portais de emprego ou nas páginas de classificados online.

Não esqueçamos que para uma empresa uma contratação é uma aposta em que se arrisca dinheiro com um trabalhador, que se espera que seja o mais profissional e eficiente possível, pois graças a seu trabalho, contribuirá para um ambiente de trabalho mais agradável e uns resultados superiores, o que sem dúvida se traduzirá em maiores benefícios, principalmente econômicos para a empresa.

Assim, com a ideia de conseguir o melhor trabalhador, ao mais preparado, talentoso e dedicado, não é demais ter noção de uma série de recomendações que façam sobressair a oferta laboral, tornando-a mais eficaz e atraindo os melhores candidatos. De seguida, apresentamos uma série de princípos a ter em conta quando se elabora um anúncio de trabalho otimizado:

  • Título atraente. É básico que o título de qualquer oferta de emprego deve ser o mais atrativo possível, para que consiga capturar a atenção do máximo número de candidatos. Esta secção permite que você seja um pouco mais criativo para chamar a atenção de quem está navegando em busca de ofertas de emprego.
  • Breve e conciso. Qualquer anúncio deve ser o mais breve possível mantendo a informação necessária. Uma pessoa que esteja buscando emprego passará muitas horas em casa e captura de ofertas laborais, pelo que é melhor que tenha pouco que ler e assim possa captar rapidamente o mais importante.
  • Tom equilibrado. É tão prejudicial redigir um anúncio com demasiada seriedade como com demasiado informalismo. A primeira opção dará sensação de aborrecimento e esmagadora, enquanto o segundo pode transmitir a sensação de que a empresa ou a oferta não é séria. Um bom anúncio deve encontrar um equilíbrio entre ambos os extremos.
  • Trabalho acima da empresa. Ainda que seja conveniente adicionar uma pequena introdução sobre a empresa contratante, não se pode esquecer do que é realmente importante para o posto de trabalho, tanto os requisitos do trabalhador como as tarefas que deve cumprir. O objetivo é conseguir o melhor funcionário, deixando claro que condições deve ter para apresentar sua candidatura.
  • Benefícios do cargo. Como é normal, a grande maioria dos aspirantes olharão antes de mais para o salário que receberão em caso de contratação. Este comportamento é de tudo lógico, mas uma empresa não deve esquecer que pode oferecer muitas mais coisas aos funcionários para além do dinheiro. Por isto, não seria de mais acrescentar qualquer benefício extra na oferta de emprego, desde horários flexíveis até serviços oferecidos no local de trabalho, como infantário ou café.
  • Expectativas claras. Finalmente, é importante que o anúncio trate de definir da melhor maneira as expectativas que a empresa tem a respeito do rendimento da pessoa. Por exemplo, se a posição requer horas extras em determinadas circunstâncias, é importante deixar entender no anúncio.

Como pode ver, otimizar uma oferta de trabalho não é algo que se deva tomar de maneira superficial. É fundamental tomar em conta as sugestões anteriormente mencionadas para aumentar as possibilidades de encontrar os profissionais que a empresa busca. Sem dúvida alguma, uma tarefa importante dentro de todo o processo de recrutamento.

Avalie as competências de seus colaboradores e aumente a produtividade de sua organização