Recrutamento

Mercado laboral: O Top 10 dos empregos mais estressantes

A empresa americana  de recrutamento e pesquisa de emprego online CareerCast publicou seu relatório anual com o ranking dos empregos mais estressantes de 2014. Como esperado, as profissões que implicam condições imprevisíveis, perigos latentes para a sobrevivência e grande dedicação de tempo estão no topo da lista. Apresentamos os resultados. (Consulte aqui o top dos melhores empregos em 2014)

Carreiras profissionais que exigem um forte temperamento e uma grande audácia constituem a lista dos trabalhos mais estressantes em 2014. Soldados e bombeiros lideram o ranking, os perigos que essas pessoas enfrentam no dia a dia do trabalho são evidentes e o estresse físico e psicológico a que estão sujeitos pode comprometer seriamente sua saúde. (Leia aqui 5 dicas para evitar a síndrome de Burnout)

O papel deste tipo de profissões no mercado de trabalho é vital e, portanto, insubstituível, para garantir a segurança e o bom funcionamento das populações em todos os países e regiões. Não conseguimos conceber a sociedade global de hoje sem policiais, bombeiros ou pilotos de aviões comerciais.

Além disso, os bombeiros e soldados devem responder pela vida de seus próprios camaradas e protegê-los com sua própria, se necessário, para não mencionar a enorme responsabilidade de um piloto de avião que é responsável pela vida de todos os seus passageiros, que dependem diretamente da sua capacidade e habilidade para lidar com situações extremas.

Consulte aqui o top 10 dos empregos em perigo de extinção

O ranking de CareerCast foi feito a partir de um estudo de 11 fatores para determinar o nível de estresse experienciado em cada um dos empregos com uma pontuação máxima de 100. O número de viagens que devem ser feitas, o nível de exigência física, os perigos que enfrentam, as condições ambientais e o grau de competitividade são alguns dos fatores que foram avaliados. (Consulte aqui a metodologia para elaborar o ranking)

No entanto, nem todas as profissões estressantes o são devido ao perigo de vida de seu exercício. Outros trabalhos, como o de executivos de relações públicas, coordenadores de eventos e jornalistas trazem cargas de alto estresse devido aos prazos apertados de entregas e à constante exposição pública a que estão sujeitos.

Executivos e gerentes de empresas são outras pessoas que experimentam maior estresse porque precisam tomar decisões diárias que afetam diretamente parceiros, funcionários, investidores e suas próprias famílias. (Verifique aqui o ranking das profissões mais procuradas em 2014)

Este é o Top 10 dos trabalhos mais estressantes do ano 2014:

1. Soldado Profissional

Nível de estresse: 84,72/100

Salário médio: US $28840

Crescimento de emprego projetado: N/A

2. General do Exército

Nível de estresse: 65,54/100

Salário médio: US $196300

Crescimento de emprego projetado: N/A

3. Bombeiro

Nível de estresse: 60,45/100

Salário médio: US $45250

Crescimento de emprego projetado: 9%

4. Piloto de Aviação Comercial

Nível de estresse: 60,28/100

Salário médio: US $114200

Crescimento de emprego projetado: 11%

5. Coordenador de Eventos

Nível de estresse: 49,93/100

Salário médio: US $45810

Crescimento de emprego projetado: 44%

6. Executivo de Relações Públicas

Nível de estresse: 48,52/100

Salário médio: US $54170

Crescimento de emprego projetado: 21%

7. Executivo Corporativo:

Nível de estresse: 47,46/100

Salário médio: US $168140

Crescimento de emprego projetado: 5%

8. Jornalista:

Nível de estresse: 46,75/100

Salário médio: US $35870

Crescimento de emprego projetado: -6%

9. Agente de Polícia:

Nível de estresse: 46,66/100

Salário médio: US $55270

Crescimento de emprego projetado: 7%

10. Condutor de Táxi:

Nível de estresse: 46,18/100

Salário médio: US $22820

Crescimento de emprego projetado: 20%

Avalie o desempenho de sua equipe facilmente e aumente a produtividade e a retenção de talentos em sua organização