Recrutamento

Mercado laboral: O Top dos 10 empregos em perigo de extinção

A empresa americana de recrutamento e busca de emprego online, CareerCast, publicou seu relatório anual com o top dos 10 trabalhos que estão em risco de desaparecer. Os avanços na tecnologia e na investigação em quase todas as áreas laborais fez com que alguns empregos tradicionais tenham vindo a perder seu brilho pouco a pouco no mercado laboral para serem substituídos por ferramentas eletrónicas e informáticas.

Um claro exemplo disso é a menor necessidade de papel, isto devido à grande quantidade de pessoas que passaram de comprar revistas, livros e jornais para ler notícias e conteúdos diretamente em seus dispositivos móveis.

De igual maneira, as redes sociais e o e-mail substituíram quase por completo o envio de cartas em papel. Como consequência de todas estas mudanças e avanços, o trabalho e profissionais tão tradicionais como carteiros ou os lenhadores, com uma perspetiva de contratação de -28% e -9% respetivamente durante 2014, há um sério perigo de desaparecer.

O relatório com as perspetivas de contratação dos 10 trabalhos em perigo de desaparecer foi calculado com os dados proporcionados pelo Escritório de Estatísticas Laborais dos Estados Unidos da América e pelo estudo entitulado 2014 Jobs Rated Report de CareerCast. Existem outras profissões que serão ameaçadas a  longo prazo como os jornalistas com um índice de contratação de -13%. As despedidas e a rotatividade laboral em este campo são cada vez mais recorrentes de acordo com o relatório.

Outras industrias decidiram tecnificar seus dispositivos e é assim como os leitores de medidores de serviços públicos, tais como água, gás e energia, perderam terreno por causa da instalação de medidores eletrónicos que atualizam dados de consumo instantaneamente. É assim que este trabalho mostra uma expectativa de contratação negativa de -19%.

Os assistentes de voo também verão sua expectativo de emprego baixar em -7%, a causa da redução de custos na indústria com aviões cada vez maiores que diminuem o número de voos e de assistentes. O relatório explica que as expectativas negativas em essas profissões significam que possivelmente quem trabalha nelas mantenha seu emprego, mas que as pessoas que aspirem a essas carreiras terão dificuldade para conseguir um emprego estável.

Para fazer o ranking dos 10 empregos em risco de desaparecer, Careercast teve em conta o indicador de perspetiva de contratação e o salário médio para cada uma das profissões. Segue a lista:

1. Carteiro

Salário médio anual: US$ 53,100

Perspetiva de contratação: -28%

2. Agricultor

Salário médio anual: US$ 69,300

Perspetiva de contratação: -19%

3. Leitor de medidores

Salário médio anual: US$ 36,410

Perspetiva de contratação: -19%

4. Repórter

Salário médio anual: US$ 37,090

Perspetiva de contratação: -13%

5. Agente de Viagens

Salário médio anual: US$ 34,600

Perspetiva de contratação: -12%

6. Lenhador

Salário médio anual: US$ 24,340 dólares

Perspetiva de contratação: -9%

7. Assistente de voo

Salário médio anual: US$ 37,240

Perspetiva de contratação: -7%

8. Operador de perfuração hidráulica

Salário médio anual: US$ 32,950

Perspetiva de contratação: -6%

9. Operador de imprenta

Salário médio anual: US$ 34,100

Perspetiva de contratação: -5%

10. Recaudador de impuestos:

Salário médio anual: US$ 50,440

Perspetiva de contratação: -4%

Avalie as competências de seus colaboradores e aumente a produtividade de sua organização