Recrutamento

O Top 10 dos melhores e piores trabalhos em 2013

Definir exatamente qual é a profissão que conduz a ter um trabalho bem remunerado e que permita conseguir um equilíbrio com a vida pessoal é uma tarefa complexa pela quantidade de variáveis e situações que intervenham em um mercado laboral flexível e em mudança. Por esta razão e para ter um guia a respeito, o site americano de recrutamento e consultoria laboral CareerCast.com publicou seu ranking anual com os melhores e piores trabalhos.

Para fazer o estudo, CareerCast decidiu ter em conta cinco critérios principais: o ambiente de trabalho ou clima laboral, o nível de exigência física, o montante dos bilhetes, o estresse e as possibilidades de contratação que apresenta cada uma das 200 profissões avaliados. Desta maneira, o melhor trabalho obviamente seria o que implica o menor estresse ao mesmo tempo ofereça uma ótima qualidade de vida.

O relatório explica que um trabalhador médio passa dois terços do dia dedicado às suas tarefas profissionais, claramente isto indica que é o tempo é muito menor que compartilha com sua família ou que dedica seus assuntos pessoais.

Estes são os 10 melhores trabalhos segundo o ranking de CareerCast:

1. Atuário
2. Engenheiro biomédico
3. Engenheiro de Software
4. Audiologista
5. Planejador financeiro
6. Higienista Dental
7. Terapeuta Ocupacional
8. Optometrista
9. Fisioterapeuta
10. Analista de sistemas

O resultado nos indica que os atuáros, ou pessoas que se dedicam a fazer análises de todo o tipo a partir das estatísticas, os engenheiros biomédicos e de software, os analistas de sistemas e os planejadores financeiros são pessoas cujas funções têm um ponto em comum: o autodesenvolvimento e a habilidade na gestão das tecnologias da informação. Assim sendo, podemos ver que trabalhos como audiologista, higienista dental, terapeuta ocupacional, optometrista e fisioterapeuta são desempenhados por pessoas que preferem não depender de empresas na hora de trabalhar e que podem prestar seus serviços em seus próprios escritórios.

Estes são os 10 piores trabalhos segundo o ranking de CareerCast:

1. Repórter de imprensa escrita
2. Lenhador
3. Militar
4. Ator
5. Trabalhador de plataforma petrolífera
6. Trabalhador de um campo leiteiro
7. Leitor de contador de gás, electricidade ou água (Leitor de Medidor)
8. Carteiro
9. Instalação do telhado
10. Comissário(a) de bordo

Neste caso vemos que os trabalhos com pior classificação, como assistente de voo, instalador de telhados, trabalhador de plataforma petrolífera, militar, lenhador e jornalista de imprensa escrita, coincidem quanto ao risco que o cumprimento de suas funções implica. O jornalista de imprensa escrita, classificado como o piro dos trabalhos, deve sua posição à difícil adaptação e transição face às novas tecnologias da informação e a dura crise financeira que os meios de comunicação escritos em todo o mundo atravessam.

Devemos ter claro que o simples feito de desempenhar os trabalhos melhor classificados no ranking não é uma garantia de sucesso ou o bem-estar visto que finalmente tudo depende da trajetória, rendimento e cumprimento de cada funcionário. Por esta razão, é unicamente cada pessoa que decide qual é sua melhor opção laboral de acordo com suas habilidades, gostos e paixões.

Avalie o desempenho de sua equipe facilmente e aumente a produtividade e a retenção de talentos em sua organização