Tecnologia

Que competências precisa para ser mais competitivo em uma economia digital?

A disseminação da globalização e o rápido avanço da tecnologia criaram um ambiente em que os modelos comerciais estão em um estado em constante mudança. É por isso que os profissionais de todas as áreas devem desenvolver competências voltadas para a economia digital que, dia após dia, ganha mais terreno no mercado de trabalho.

A economia digital chegou para ficar e é impensável passar ao lado ou rejeitar esta mudança. Assim, é necessário adotar e melhorar as seguintes habilidades, que foram identificadas pelo Fórum Econômico Mundial como as competências essenciais para poder exercer cargos em 2020:

  • Flexibilidade cognitiva

A tecnologia muda a um ritmo rápido. Diante desse panorama, é essencial desenvolver a capacidade de assimilação de aprendizagem e conhecimentos que nos permitam ser capazes de dominar novos processos e técnicas no menor tempo possível.

  • Negociação

As empresas buscam colaboradores que sejam capazes de estabelecer relações abertas e colaborativas com clientes, chefes e colegas. Esta habilidade contempla que os membros da organização sejam capazes de propor alternativas e soluções para chegar a acordos entre as diferentes partes.

  • Orientação para o serviço

A orientação para o serviço se refere ao conjunto de qualidades que permitem que os funcionários ofereçam um excelente serviço aos clientes. É necessário demonstrar empatia, empoderamento e um sentido de urgência para nos colocar diante das necessidades e exigências dos clientes da empresa.

Recomendamos: 3 Estratégias para fortalecer seu employee engagement

  • Tomada de decisões

As decisões podem determinar o sucesso ou o fracasso de um projeto. Por esta razão, as empresas querem em suas equipes pessoas capazes de considerar todas as opções com inteligência e escolher o melhor curso para os interesses e objetivos da empresa.

  • Inteligência emocional

Uma das chaves para alcançar os objetivos tem que ver com o grau com que os colaboradores são capazes de reconhecer e moldar sua personalidade, caráter e estilo de comunicação para o trabalho e os estilos de gerenciamento da organização.

  • Trabalho em equipe

Manter uma comunicação assertiva com os demais membros da equipe é fundamental para o sucesso de uma organização. É importante recrutar pessoas que sabem como trabalhar em equipe, que são abertas e flexíveis a outras ideias e opiniões, que confiam em seus colegas e sempre apoiam os outros para manter e aumentar seu desempenho.

  • Gestão de pessoal

Motivar as pessoas, criar um clima laboral agradável e melhorar o desempenho de cada membro da equipe ou empresa para evitar conflitos e aumentar a motivação de todos os funcionários. Pequenas mudanças podem ser implementadas para aumentar a motivação e lealdade das equipes de trabalho.

  • Criatividade

A criatividade é um dos pilares do setor de tecnologia. Nenhuma das grandes empresas digitais como o Google ou a Amazon teria alcançado sua posição atual sem ter mantido um compromisso com a inovação. É essencial ter funcionários capazes de propor ideias, projetos, objetivos e abordagens com um certo grau de originalidade

  • Pensamento crítico

É a capacidade de pensar por si mesmo. Trata-se da capacidade e da atitude de analisar, argumentar e aplicar lógica sobre os conhecimentos e processos vitais. É necessário saber como ser crítico de si mesmo e mudar o que nos impede de acrescentar valor à equipe.

Leia também: Top 5 das profissões digitais mais procuradas pelas empresas

  • Resolução de problemas complexos

Neste ponto, é feita referência à capacidade de enfrentar problemas, detectá-los e tomar medidas para resolvê-los, levando em consideração a perspectiva dos líderes e outros colegas. Se deve definir o problema, encontrar alternativas e implementar a melhor solução.

Michael Osborne e Carl Frey, da Universidade de Oxford, analisaram 700 empregos atuais e concluíram que cerca de 47% desses empregos serão automatizados ou substituídos. E, embora alguns trabalhos já tenham sido substituídos, existem agora muitos outros cargos digitais dentro de empresas que estão transformando os processos de seleção e retenção de talentos humanos.

Na mesma linha, um estudo da Accenture Strategy concluiu que 43% dos gerentes dizem que a falta de habilidades digitais é uma das barreiras no caminho para a transformação digital de suas empresas. Em vez de considerar esta situação como uma ameaça para nossas posições, é hora de pensar em uma oportunidade de empreender uma transformação que nos tornará profissionais mais competitivos e atrativos para as organizações.

Avalie as competências de seus colaboradores e aumente a produtividade em sua organização